Aumento do nível do mar – Guia de ação

Estudantes universitários da Malasia vão organizar uma ação para mostrar como será viver em um mundo com aumento do nível do mar.

Ponto Azul: Como o aumento do nível do mar afeta a sua localidade O aumento do nível do mar é um dos modos pelos quais a crise climática já tem se manifestado na vida de milhões de pessoas no mundo. Já nesse século, à medida que geleiras  derretem e a temperatura dos oceanos aumenta e as moléculas de água se expandem, o nível do mar pode subir até 2 metros, aumentando a possibilidade de alagamento e tempestades em áreas costeiras. Abaixo você encontrará um guia passo-a-passo de projetos que você poderá fazer para o Dia de Impactos Climáticos com o objetivo de mostrar às pessoas como o aumento do nível do mar pode afetar a sua localidade. Como parte da nossa iniciativa de “Ligar os Pontos”, o guia abaixo sugere o uso de um enorme ponto azul para demonstrar como ficará o litoral da sua cidade ou município caso não controlemos o aquecimento global. Nós já vimos projetos similares sendo feitos desde Durban, África do Sul, até Nova Iorque, Estados Unidos, e eles foram um sucesso. Boa sorte! Aqui vai o guia: 1. Descubra como o aumento do nível do mar poderá afetar a sua localidade. Existem muitas ferramentas que você pode utilizar para calcular os impactos do aumento do nível do mar na sua localidade. Nos EUA, o grupo Climate Nexus disponibilizou uma ferramenta interativa que permite visualizar mapas que simulam como algumas regiões norte-americanas ficariam após o aumento no nível das marés. A ferramenta permite controlar o nível do aumento e também visualizações mais próximas em escala, como em alguns bairros em situação de risco imediato. Confira o link: http://sealevel.climatecentral.org/ Para outras partes do mundo, sugerimos esse outro mapa que mostra o aumento do nível do mar globalmente. Essa opção pode parecer um pouco complicada de manusear à primeira vista, mas ainda assim recomendamos o seu uso principalmente pela precisão nos seus dados que poderá servir para entender como o aumento do nível do mar afetará a sua localidade: http://flood.firetree.net/ Em cada mapa, você escolhe quantos metros no nível do mar você deseja visualizar. Nós recomendamos utilizar os cálculos referentes a 2030 que preveem elevação de até 1,5 metro (em épocas de maré alta e tempestade, quando os impactos serão realmente sentidos). São números chocantes para um período de tempo tão curto! Você poderá também optar por utilizar dados para 2100 e visualizar qual será a nova cara da sua localidade no final do século se nada for feito. 2. Escolha as ruas que você deseja mostrar utilizando os mapas. Você pode dar um zoom em qualquer um dos mapas sugeridos acima e ter uma boa ideia de onde o nível do mar vai chegar se nós não combatermos o aquecimento global. Enquanto você estiver olhando o mapa, comece a marcar as ruas onde você acha que seria legal colocar os pontos azuis para mostrar às pessoas até onde o mar poderá chegar. Tente focar as áreas mais movimentadas da sua cidade ou municípios onde muita gente transita a pé. 3. Vá lá e coloque o seu ponto! Agora é a hora de você ir lá e visualizar as áreas que serão afetadas pelo aumento do nível do mar. Você poderá fazê-lo de muitas formas. Em alguns lugares como Nova Iorque, artistas e ativistas desenharam com giz uma “linha azul” nas calçadas e ruas para demarcar o novo litoral após o aumento do nível do mar. O resultado visual foi incrível, mas dependendo da sua localidade você poderá precisar de permissão para desenhar nas calçadas e ruas, o que demandará tempo que talvez você não tenha. Abaixo vão algumas ideias que são mais fáceis de serem executadas, ordenadas de acordo com o tempo que demandam em sua execução:
  • Coloque cartazes com o Ponto Azul: nosso designer gráfico Matthew fez um banner super legal que diz “Em 2030, o lugar onde você está pisando pode estar embaixo d’água”, e traz também algumas informações sobre o aumento do nível do mar e da campanha “Ligando os Pontos”. Você pode encomendar conosco esses cartazes ou imprimi-los você mesmo da nossa página, ou ainda usar a criatividade e pensar em outros modelos de cartazes que ajudem a passar a mensagem que queremos. Trabalhe com os amigos ou algum grupo local para espalhar esses cartazes nas áreas que estarão submersas de acordo com o mapa que você pesquisou. Você pode colocá-los em postes de luz (mas só onde for permitido pelas leis locais), distribuir entre donos de lojas e comércio próximo, ou mesmo dá-los para que as pessoas colem em seus escritórios ou local de trabalho.
  • Espalhe Pontos: Uma maneira mais misteriosa de colocar os seus pontos azuis seria espalhar “Pontos Azuis” ou colar cartazes com pontos azuis onde apareça apenas o nosso endereço web (ligandoospontos.org) ou um código QR que indique onde as pessoas podem encontrar mais informações. Provavelmente você vai chegar a menos pessoas inicialmente, mas campanhas criativas assim podem ganhar a atenção da mídia, blogueiros e outras pessoas que podem ajudar a espalhar a ideia.
  • Segure um Ponto: Reúna-se com uma ou mil pessoas, cada uma carregando um Ponto Azul confeccionado com papel azul  ou pintado num cartaz e posicionem-se ou caminhem ao longo do novo traçado do litoral da sua cidade ou município.
  • Bicicletas azuis: Mark out a bicycle route in your city that follows the new coastline and on Climate Impacts Day host a bicycle parade along the route with everyone dressed completely in blue (encourage people to get creative and decorate their bikes).
  • Flash Mob Azul: Reúna um grupo de pessoas para ficar transitando ao longo da calçada (ou em uma praça ou parque) passando sobre o novo limite do litoral. Peça a todos para que venham vestidos de azul (ou quem sabe com as caras pintadas de azul). Em determinado momento, alguém faz um sinal e todos se dão as mãos e deitam no chão ao longo do trajeto onde a água poderá estar em 2030. Alguém pode ficar segurando uma placa que diz “O mar chegará até aqui em 2030” ou alguma outra coisa criativa.
  • Entre na água: Uma maneira diferente para falar da elevação do nível do mar é entrando na água. Você poderá montar uma sala de estar na praia, criar seu escritório na água, convocar uma conferência de imprensa debaixo d’água com o prefeito da sua cidade, etc. Abaixo, mostramos algumas fotos de ações que apoiadores da 350.org já fizeram submersos embaixo d’água ou molhados.
“Uma coletiva de imprensa e reunião de gabinete embaixo d’água”
 
“Estudantes chineses surfam em suas escrivaninhas”
 

Delegados da Juventude na Conferência da ONU sobre Clima negociando a sua sobrevivência dentro d’água.

  Esses são apenas alguns exemplos de como você pode mostrar de maneira criativa os impactos que o aumento do nível do mar terá na sua localidade. E se você não quiser “colocar um ponto” e, ao invés disso, tiver outra ideia? Ótimo! Inscreva seu evento e busque em nosso site outras seções que podem te dar algumas dicas sobre como recrutar pessoas para por em prática sua ação, como conseguir cobertura da mídia e como fazer a melhor foto ou vídeo da sua ação. Outras indicações: Outras indicações: É muito importante contar com informações corretas, baseadas em estatísticas confiáveis sobre o aumento do nível do mar. As informações no Climate Central são sempre monitoradas e verificadas por pares e as do Firetree são baseadas em dados da NASA. Dedique alguns minutos para se familiarizar um pouco com a linguagem que é usada por eles para descrever a probabilidade do aumento do nível do mar e todos os diferentes cenários. Não é necessário ser nenhum especialista no assunto, mas é bom que você tenha uma boa noção dos fatos que você estará apresentando ao público, e que saiba indicar onde as pessoas podem buscar mais informação caso desejem. Abaixo colocamos algumas outras indicações acerca do aquecimento global e do aumento do nível do mar: